BIAL Award in Biomedicine 2023

Conheça o trabalho vencedor
e veja as fotos da cerimónia
Ver mais

14º Simpósio
“Aquém e Além do Cérebro”

3 a 6 de abril 2024
Inscrições abertas
Ver mais

Prémio Maria de Sousa 2024

Candidaturas abertas
Ver mais

Prémio BIAL de Medicina Clínica 2024

Candidaturas abertas
Ver mais

Fundação BIAL

Ver mais

Apoios à Investigação Científica

Nas áreas da Psicofisiologia e Parapsicologia
Ver mais

Últimas Novidades

Não perca os nossos Destaques e Science Stories
Ver mais



Sobre nós

Ver mais



Prémios

Ver mais



Apoios

Ver mais



Simpósios

Ver mais

Notícias

Notícias

Futuros pais e mães experienciam a gravidez de forma diferente?

Estudo demonstrou que existem diferenças neuronais e psicológicas entre homens e mulheres durante a gravidez.

Saber mais

Podemos autorregular o nosso cérebro através de treino?

Estudo sobre neurofeedback revela que os efeitos comportamentais obtidos parecem ser os mesmos quer seja dado feedback real ou falso ao participante.

Saber mais

Quem tem melhor memória autobiográfica pode ser mais criativo?

Processos relevantes para o pensamento criativo não são potenciados em indivíduos com um desempenho altamente superior de memória autobiográfica.

Saber mais

Notícias

O que lembramos de um filme?

Matteo Frisoni, investigador principal do projeto de investigação 384/20 - Schema-based temporal memory in parietal cortex (SCHETEMP), apoiado pela Fundação BIAL, avaliou com que grau dois grupos de participantes de jovem adultos (20-30 anos) e meia-idade (40–55 anos) recordam, passado uma semana, informação verbal detalhada (ou seja, diálogos), bem como informações semânticas e elementos espácio-temporais (isto é, “o quê”, “onde” e “quando”) de filmes. Os resultados indicam que a deterioração da memória ao longo de uma semana afeta principalmente a dimensão verbal auditiva de eventos complexos, tanto em termos de precisão da memória como de confiança, enquanto as informações sobre “o quê” (objetos/personagens), “onde” (espacial) e “quando” (temporais) parecem estar mais bem preservadas. Além disso, os jovens adultos são mais precisos e confiantes do que os participantes de meia-idade. Para saber mais, leia o artigo “Long-term memory for movie details: selective decay for verbal information at one week” publicado na revista científica Memory.

Saber mais

Livro de Atas da 13ª edição do Simpósio da Fundação BIAL já está disponível

Acaba de ser publicado o Livro de Atas do 13º Simpósio "Aquém e Além do Cérebro", uma compilação das intervenções dos palestrantes, que contém também os abstracts de alguns dos trabalhos de investigação financiados pela Fundação BIAL, apresentados neste encontro em sessões de posters e em comunicações orais.

Saber mais

Será que pensar na morte do seu companheiro afeta a sua atividade cerebral?

No âmbito do projeto de investigação 75/16 - The painful awareness of death: Influence of thoughts of death on behavioural and cerebral activity associated with painful nociceptive stimuli, apoiado pela Fundação BIAL e liderado por Elia Valentini, foi publicado o artigo Reminders of Mortality: Investigating the Effects of Different Mortality Saliences on Somatosensory Neural Activity na revista científica Brain Sciences. O estudo pretendia avaliar se pensar na morte de um parceiro romântico ou na própria morte se traduziria numa alteração na perceção e nas respostas cerebrais a estímulos elétricos nocivos. A conclusão deste estudo revela que pensar na morte do parceiro romântico tem maior impacto na perceção da dor, do que pensar na própria morte.

Saber mais