Apoios

Programa de Apoios de Investigação Científica

Apoios

Criado em 1994 pela Fundação BIAL, o sistema de Apoios à Investigação Científica tem como objetivo incentivar a investigação centrada sobre o ser humano saudável, nomeadamente em áreas ainda pouco exploradas mas suscetíveis de profunda análise científica, como é o caso da Psicofisiologia e da Parapsicologia.

No total, nas 15 edições já realizadas, a Fundação aprovou para financiamento um total de 865 projetos de 1702 investigadores provenientes de 30 países.

As candidaturas aprovadas beneficiarão de apoios até ao montante máximo de 60 mil euros, determinado, em função das características de cada projeto, pelos membros do Conselho Científico, a quem cabe analisá-las.

Entre os investigadores apoiados pela Fundação destacam-se prestigiados cientistas de algumas das mais notáveis universidades europeias, norte-americanas, australianas, russas e japonesas, entre outras.

Plataforma de Gestão de Apoios

Desde 2014, a Plataforma de Gestão de Apoios da Fundação BIAL (BF-GMS) é o sistema usado para a gestão integral das candidaturas e dos projetos apoiados.

Neste espaço poderá registar-se, através do link abaixo, preencher o seu perfil, criar e submeter novas candidaturas – quando estiver aberto um novo programa de Apoios -, bem como gerir os projetos apoiados, submetendo, por exemplo, relatórios de progresso/finais científicos e financeiros.

Relembramos que apenas poderá possuir um registo na plataforma. Se se esqueceu dos seus códigos de acesso deverá utilizar a ferramenta de recuperação que colocamos ao seu dispor.

Em caso de alguma dúvida/questão p.f. contactar: fundacao@bial.com ou +351 229 866 150.

 

Aceda à Plataforma

De momento, não é possível criar um novo registo na plataforma, dado que não se encontra aberto um novo concurso dos Apoios à Investigação Científica.

Testemunhos sobre alguns Projetos Apoiados



Mónica Santos

Role of NT3/TrkC in the regulation of fear



Helané Wahbeh

A telephone telepathy study: Does genetic relatedness influence psychic abilities?



Kenneth Drinkwater

Neuropsychological and cognitive-perceptual characteristics of mediums and psychics



Dean Radin

Analysis of an entropic anomaly in 23 years of truly random data



Zoltan Kekecs

A fully transparent pre-registered replication study of precognitive detection of reinforcement using an expert consensus design



Marc Wittmann & Damisela Linares Gutiérrez

Changes in the temporal width of the present moment after meditation



Julia Mossbridge

A trait-and-state analysis of precognitive remote viewing focusing on gender, emotions, and pregnancy status



Ana Teixeira Santos

Getting the aging brain to train: A working memory and neurostimulation approach



Miguel Farias

The mind possessed project: Mapping the varieties of possession experiences



Devin Terhune

Atypical metacognition and time perception



Caroline Di Luft

Two-brain directed synchronization during eye contact



São Luís Castro

The impact of music training on reading and mathematical abilities of normal and reading disabled children



Nolween Marie

Phenomenological experience and neurophysiological correlates of shamanic trance in healthy individuals



Stephen Baumgart

Signal or noise? Using a psychophysical approach to investigate the effects of attention and neurofeedback



Elena Antonova

EEG microstates in experienced meditators, from letters to grammar



Anna Ciaunica

Estranged from oneself, estranged from the others



Dean Radin

Psi, nonlocality and entangled photons



Julie Beischel

Correlating accurate intuition with learning styles and sensory modality preferences



Rui Alves e Teresa Jacques

Mind-Body Interactions in Writing (M-BW)



Clara Pretus

A neuroimaging study of religious and nationalist radicals



Arnaud Delorme

A study about anomalous psychological phenomena



Marilyn Schlitz

The role of beliefs in psi in a precognition study



Stephen Badham

Age-related changes in brain activity



Nicholas Furl

Brain encoding of the distinctive movements of facial expressions



Amir Raz

Consciousness training



Thilo Hinterberger

Paced Breathing



Jennifer Kim Penberthy

Extraordinary experiences



Christine Simmonds-Moore

Correlates and nature of subjective apparitional experiences



Lénia Amaral

Episodic memory enhancement



Helané Wahbeh

Full-trance channeling



Aaron Koralek

Dopamine in behavior & action



Sofia Machado

Producing a Near- Death Experience like through hypnosis



Mark Blagrove

Electrophysiological correlation



Joana Coutinho

Empathy in couples



Tal Dotan Ben-Soussan

Consciousness and selfhood



Miguel Farias

Neural stimulation & paranormal



Jason Braithwaite

The dissociated self



Julie Beischel

Information reception in mediums



John Kruth

Mood and emotion



Catherine French

Conditional Foxp2 deletion



Veena Kumari

The mindful eye



Stefan Schmidt

Libet revisited



Etzel Cardeña

Alterations of consciousness

Números e Estatísticas

Ao longo das várias edições já realizadas, o reconhecimento dos Apoios à Investigação Científica da Fundação BIAL tem sido crescente. Na primeira edição, em 1994, a Fundação BIAL recebeu um total de 48 candidaturas, tendo apoiado 10 projetos.

Na última edição, em 2022, foram recebidos 318 projetos de investigação, envolvendo 900 investigadores, dos quais 75 projetos foram aprovados para financiamento. O gráfico abaixo ilustra a percentagem de projetos aprovados em função do número total de candidaturas recebidas em cada edição.

Os projetos aprovados equivalem a 26% do total de candidaturas, dividindo-se pelas áreas da Psicofisiologia (50%), da Parapsicologia (30%) e englobando as duas áreas (20%).

Reflexo da notoriedade crescente da Fundação BIAL no apoio à investigação em psicofisiologia e parapsicologia junto da comunidade científica internacional, os números mais expressivos de candidaturas surgem de Portugal, do Reino Unido, dos EUA e da Itália.

Desde 1994 até novembro de 2023, o trabalho financiado pela Fundação BIAL resultou na publicação de 1874 artigos em revistas indexadas (no Scopus ou Web of Science), dos quais 1658 em revistas com um fator de impacto médio de 4.2 e 372 em revistas com um fator de impacto igual ou superior a 5. Quase metade dos artigos foram publicados em revistas pertencentes ao primeiro quartil (Q1) na sua respetiva área científica. Até agosto de 2023 foi contabilizado um número substancial de citações (43.246), sendo que 560 publicações foram citadas mais de 20 vezes.

Globalmente, entre artigos científicos, participações em livros, resumos de congressos e teses de mestrado e de doutoramento, os investigadores apoiados pela Fundação BIAL produziram 3458 publicações.

Um estudo conduzido por Cordeiro, Marinho, Guedes e Sousa, apresentado no 13º Simpósio da Fundação BIAL, que decorreu no Porto entre 6 e 9 de abril de 2022, evidencia a dinâmica do número de publicações desde o início do financiamento de projetos pela Fundação até março de 2022 e pode ser consultado no seguinte link. A Fundação BIAL também dispõe de uma base de dados a que a comunidade científica e o público em geral pode ter acesso aqui.

Projetos aprovados